segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

E o mundo parou…

Observo-os do outro lado da rua.

Personagens tiradas de um filme antigo, ela com enormes cabelos negros aos caracóis,perdida nos seus pensamentos, ele todo composto de ar sério à procura de alguém…

De repente os olhares cruzam-se… O tempo para… Nada mais existe… transferir

Finalmente, encontram-se…

O olhar expressa as palavras que a voz não pronuncia, ambos ficam enfeitiçados a olhar um para o outro.

Cada qual do seu lado da rua… Aproximam-se devagar…

Um pequeno toque de mãos,o calor um do outro…

Uma prova de que estão ali.

Nada faz desligar aquele olhar, o mundo a volta desaparece.

Nada mais existe…

Apenas eles e aquele momento.

As suas bocas encontram-se, os olhos fecham-se….

E o mundo parou…

2 comentários:

Hugo Guerreiro disse...

Há muito que não vinha aqui....Mas gostei do que vi no regresso. Bjs deste amigo desconhecido que sempre que pode te vem "ler".... Um Abraço.

Gothika disse...

Obrigada por voltares a visitar. És sempre bem vindo e o teu também esta excelente. beijos.

pessoas vieram a este blog